Transição capilar

 


Estou receosa de falar sobre isso aqui, mas é por apenas um motivo: já desisti da transição uma vez e não sei se irei aguentar até o final novamente.

Para quem não sabe, meu cabelo não é naturalmente liso. Ele natural é uma mistura de ondulado com alguns cachos, mas a questão que mais me irrita nele e que me faz voltar para a progressiva e chapinha é o fato dele ser bem fininho, ficando desarrumado com muita facilidade.

Em meados de 2014 passei pela transição pela primeira vez, fiz big chop e deixei ele todo naturalzinho, porém a minha insegurança na época era muito grande e não conseguia aceitar o fator volume/assanhado dele, para mim cabelo tinha que está arrumado, alinhado. Então desisti da transição e voltei a progressiva.

Em 2018 decidi novamente dar uma chance, mas como falei no último post, aquela série de eventos que atacaram minha ansiedade fizeram eu perder cerca de 50% do volume do meu cabelo, eu estava completamente desesperada pois toda vez que tomava banho vinha uma bola de cabelo enrolado na minha mão, daí quando começaram a crescer novamente (graças a Deus, fiquei com muito medo de que não crescesse mais) ficou uma coisa impossível de domar todo aquele emaranhado de cabelo novo. Então refiz a progressiva em Junho de 2019 para deixar os cabelos novos arrumadinhos. Não pensava que iria fazer novamente, mas como ainda estava muito curta a parte que estava nascendo, dia 30 de Novembro de 2019 refiz novamente.

Me lembro claramente desse dia, passei toda a manhã de um sábado, depois de uma semana exaustiva de provas na faculdade, sentada numa cadeira de salão de beleza tendo o meu cabelo puxado e queimado. Cada vez que eu sentia a quentura insuportável da chapinha no meu coro cabeludo repetidas vezes provocando áreas sensíveis e fazendo eu me encolher na cadeira, eu pensava: "porque eu estou me submetendo a isso? Porque eu estou aqui, passando toda a manhã do meu sábado completamente exausta me submetendo por conta própria a um tipo de tortura dessa?" Eu nunca saí tão mal de um salão de beleza na minha vida toda.

Quando a quarentena começou e eu não tinha lugares para sair, continuava fazendo minha chapinha meia boca só para não deixar a raiz do cabelo volumosa e as pontas super lisas, eu nunca gostei de cabelo liso, eu odeio as pontas dos meus cabelos estiradas, e perceber isso me deu um tapa na cara. Então em setembro meu pai começou a reformar a casa, e além de não ir a canto nenhum, eu não tenho mais tempo de ficar alisando meu cabelo, e foi então que eu comecei a ver as ondinhas se formando em meus cabelos, e eu passei a odiar ainda mais as pontas lisas. 

Decidi dar uma nova chance e (re)conhecer meu cabelo, embora parte de mim ainda continue muito insegura em questão a isso, pois nunca tive um relacionamento fácil com ele, porém a outra mal espera a hora de conseguir ver ele, mesmo que curtinho, natural. E tentar entender todas as suas ondas e cachos.

Vou tentar manter vocês o mais atualizados sobre esse assunto, e se um dia eu vir aqui para falar que desisti e vou voltar a alisar (o que espero não acontecer), espero que me entendam. 

Me acompanhem no Instagram: @RENATACUSTODIOG

*Imagem

24 Comments

  1. Ultimamente muita gente tem feito transição capilar, eu acho bem lgl, eu só nao faço no meu cabelo, pq ele já é natural e tenho muita preguiça de fazer qualquer coisa nele, então só hidrato. Adorei o post e o blog que ja estou seguindo. bjs e boa semana https://beperes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Renata, tudo bem?

    Acho que o processo de transição capilar deve ser bem complicado, ainda mais por ter que lidar com a opinião das pessoas. Eu particularmente acho lindo cabelo cacheado e fico chateada do meu seu apenas levemente ondulado. Quando tenho tempo busco fazer uma finalização que ele ficar cheio de ondas. Adoro!

    Beijos;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente desejo muito sucesso para você neste processo de transição capilar,e não fique encucada caso não dê certo,o importante é sempre "recomeçar" quantas vezes for necessário.
    Eu usava cabelo natural(crespo)desde de pequena e depois de adulta comecei a fazer relaxamento e desde então nunca pensei em mudar pelo fato de ser pratico para a correria do dia a dia.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Linda, o importante é você ser feliz e deixar seu cabelo o mais saudável possível. Eu amo ondinhas, sempre gostei do meu cabelo assim (só não gostava do volume - hoje já me assumo e faço cortes para valorizar o volume que perdi hehehe).

    São processos da vida, e eu espero ver logo uma foto lindona sua de ondinhas.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Confesso que sou dependente do secador, queria saber como meu cabelo realmente é para saber como cuidar e aceitar ele da forma que ele é, sabe? Adorei seu post! <3

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. O processo não é fácil, mas se é isso mesmo que quer, vá em frente mesmo. Liberdade capilar é bem isso mesmo. Espero que consiga passar por isso e ter suas ondinhas de volta.

    Beijo.
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  7. É um processo longo e amei saber que você tem alguns cachos, depois coloca foto do seu cabelo antes da chapinha pra gente ver e vai devagar e sempre no seu tempo.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Essa quarentena também fez isso comigo e larguei a chapinha de vez. Raramente eu faço chapinha, só quando quero fazer algo diferente no cabelo, sabe? Não é fácil a transição capilar mas depois que conhecemos melhor o nosso cabelo, a gente se sente mais livre, sabe? rs Uma coisa que tem me ajudado bastante é produtos que contém óleo de coco. Meu cabelo é liso mas ás vezes ondulado e dependendo do jeito que seca fica cacheadinho, mas não muito rs

    https://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
  9. Rê, vai no seu tempo e não se sinta mal caso desista. Mas se você acredita que pode te fazer bem, vai fundo. É um processo que, pelo que eu vejo, leva tempo e tem de fazer você se sentir bem, sabe? Para mim, o que importa é o nosso bem-estar e fazer o que a gente gosta. Não importa se é com transição capilar ou progressiva! Eu faço a segunda e me sinto melhor assim. Meu cabelo é meio liso, cheio e tem umas leves ondinhas, mas gosto dele liso, escorrido e tá tudo bem também. ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  10. Ola,
    O meu sempre foi bem misto, eu alisava bastante. Com tempo desencanei, então acho que nem tentaria a transição. Mas acho muito corajoso quem faz, pois a responsabilidade é imensa pra focar e seguir.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  11. Acredito que a transição não seja fácil, mas eu acho lindo cabelos encaracolados! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  12. Olá Renata,
    Você tem que fazer o que te deixa feliz sabe? O meu é levemente ondulado, textura 2A/2B, mas eu não gosto dele assim. Aí eu mesma faço escova sempre depois que eu lavo.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  13. Transição capilar mexe muito com a gente, né?! Na época que passei por isso eu estava no ensino médio e nao tina tempo pra ficar alisando o cabelo sempre, odiava ter que sair com ele natural e tinha muita vergonha, mas quando eu passava chapinha todo dia era só elogios pra mim das pessoas e claro, quem não gosta de elogios né, minha autoestima melhorava muito com cabelo liso porque eu tinha aprovação de todo mundo... Enfim, hoje em dia não aliso mais, mas sei que se eu alisar vai acontecer a mesma coisa e isso me entristece muito mesmo eu já tendo superado. Gosto do meu cabelo cacheado e me sinto mais feliz com ele assim <3 <3
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  14. Eu te entendo! No ano passado decidi parar de fazer progressiva, aguentei até esse ano, mas voltei atrás. Eu não conseguia manter meus cabelos bonitos, eu sempre achava que eles ficavam com cara de mal cuidados. E também não tive o apoio da minha família, que sempre falava que eu estava feia com o cabelo natural. Optei por fazer a progressiva uns meses atrás, mas não estou arrependida. Percebi que isso não é pra todo mundo, tem gente que vai conseguir e tem gente que não. E tá tudo bem. Mas eu espero que você se encontre e faça o que é melhor para você.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  15. Não posso opinar sobre transição capilar, mas assim como as meninas acima disseram, não é um processo fácil. Se o resultado da transição for algo que vai te fazer feliz, tome o seu tempo e faça no seu ritmo.


    Um abraço,
    Patricia

    Blog Patricia Faria
    Fanpage Patricia Faria
    Instagram
    Pinterest

    ResponderExcluir

  16. Very interesting post. Thanks for sharing!

    Cheers,
    Diana - How to Style Hijab With Boho Looks

    ResponderExcluir
  17. Oi Renata,
    A transição aqui em casa é por parte da minha mãe. Ela está até usando os cabelos grisalhos.
    Está sendo um processo bonito e inspirador de se ver!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Renata,

    Acho muito legal que realmente resolveu fazer a transição e amar seu cabelo do jeitinho que ele é.
    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Não se cobre e só faça a transição se vc realmente quiser usar seu cabelo natural. Percebo que assim como numa época havia a cobrança das mulheres alisarem seus cabelos, hoje em dia há uma pressão para pararem de alisar e assumirem. Eu nunca tinha feito progressiva apesar de todo mundo falar pra eu fazer pq meu cabelo é volumoso e com frizz, aí ano passado fiz a de aminoácidos, sem formol. Até que gostei, mas acabei não refazendo mais por causa da pandemia e como meu cabelo é quase liso nem dá para perceber a ''transição''.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Para fazer transição capilar tem que estar bem motivado né? Nunca fiz nada drástico no meu cabelo com o medo de não gostar do resultado/mudar de ideia e ter um trabalhão na transição.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Que essa sua fase seja a melhor possível! Vai ficar ainda mais linda.
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  22. Toda força para você nessa nova fase. O importante é ser feliz e se sentir linda, com certeza você ficará <3
    Beijos,

    Marcela Miranda

    ResponderExcluir
  23. Oi, Renata. Tudo bem?
    Transição capilar é um processo e o mais importante de tudo é ser feliz e se sentir bem com você. Eu aliso meu cabelo há muitos anos e nunca pensei em fazer transição, já a Bruna que escreve no blog comigo fez a transição e curte muito.

    Tudo depende. Se você desistir no meio do caminho, tranquilo. Faça o processo no seu tempo, quando e como se sentir bem. Lembre-se sempre que o mais importante de tudo é você fazer ou não esse processo estando tranquila e em paz com você.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir

Me conta o que você achou.